8 Coisas que Precisa de Saber sobre Chão de Cortiça

Elisabete Figueiredo – HOMIFY Elisabete Figueiredo – HOMIFY
Naturcork - Homogeneous Collection, Corksribas Corksribas Floors Cork
Loading admin actions …

O aspecto ambiental dos materiais e elementos que usamos nas nossas coisas nunca foi tão ponderado e cuidado. Todos vivemos na pele as alterações climáticas e sabemos bem da importância de fazer escolhas sustentáveis a longo prazo, para adiar ao máximo a depleção dos recursos naturais que sabemos ser escassos.

Assim, escolher sustentável, significa escolher local e proveniente de fontes renováveis! Quando pensamos por este prima esta escolha pode parecer-nos difícil mas, na realidade, trata-se apenas de olhar à nossa volta, para dentro do nosso próprio país, que produz um dos melhores e mais úteis materiais sustentáveis do planeta: a cortiça!

A utilização cortiça tem imensas propriedades benéficas nas mais variadas facetas da vida humana, incluindo como material de construção e de acabamento. Por isso hoje na homify focamo-nos nos pavimentos de cortiça e vamos focar-nos em várias informações úteis que podem ajudá-lo a decidir-se pela instalação deste material no chão da sua casa. Ora espreite!

Nota: Todas os ambientes das imagens têm chão de cortiça, embora o seu acabamento possa ser parecer diferente.

1 – Qual e a proveniência da cortiça?

A cortiça é uma material extraído da casca dos sobreiros a cada nove anos, depois da árvore crescer durante vinte e cinco anos. Depois de dar cortiça pela primeira vez a nível comercial, a árvore continua a poder ser explorada durante cerca de 150 anos.

A remoção da cortiça não danifica a árvore nem a mata, pelo contrário ajuda no seu crescimento e as florestas de sobreiros são autênticos ecossistemas naturais, com baixíssimo consumo de água e com fauna e flora próprias naturais.

Esta é uma actvidade muito típica em Portugal, que é um dos maiores produtores de cortiça do mundo. 

2 – O pavimento de cortiça é feito apenas com cortiça?

Normalmente não. A cortiça por si não é uma material impermeável e é suscetível a danos causados por móveis e pelo tráfego, além de poder sofrer danos com a exposição solar. Por isso, o que normalmente acontece é que a cortiça é associada a outros materiais ecológicos que suprem estas falhas, melhorando a sua performance.

3 – O chão de cortiça precisa de manutenção?

Sim. O pavimento de cortiça requer os mesmos cuidados de rotina que um soalho de madeira: aspirar, limpar com um pano húmido e proteger contra pés de cadeira e calçado, normalmente através da aplicação de um material finalizante.

Depois, a maioria dos pisos de cortiça precisa de ser revestida com um produto contendo poliuretano a cada 3 a 10 anos, dependendo do uso.

4 – O chão de cortiça é isolante?

O pavimento de cortiça é um dos pavimentos com melhor poder isolante que poderá adquirir!

A cortiça é um isolante natural térmico e acústico, sendo uma opção excelente para instalar em apartamento onde o isolamento entre os pisos não é a melhor. Colocar cortiça no chão de sua casa pode ser o final das queixas dos vizinhos, do barulho dos passos nas divisões em tijoleira, do chiar da madeira e até e outros ruídos incómodos que passam entre divisões ou entre apartamentos. E ainda vai obter uma casa muito mais acolhedora, tanto a nível visual como térmico. é especialmente indicado para quartos para melhorar o conforto do sono!

5 – Que tipos de chão de cortiça existem?

Existem basicamente dois tipos de instalação para o chão de cortiça:

  • O pavimento com sistema de encaixe, tipo o do pavimento flutuante.
  • O pavimento de cortiça aplicado com cola.

O pavimento de cortiça instalado por encaixe é composto por pranchas que se encaixam através de um sistema próprio e têm um núcleo de HDF ou HDPE que, normalmente, fica entre camadas de cortiça aglomerada, que é cortiça triturada prensada juntamente com adesivos.

É um pavimento tão simples de instalar como o dos pavimentos flutuantes laminados e pode mesmo ser instalado sobre pavimento preexistente.

Pavimenti in sughero, Dimensione Edilizia Dimensione Edilizia Modern bathroom Cork Brown

O pavimento de cortiça aplicado com cola é feito da mesma forma há 75 anos: a cortiça aglomerada é prensada em blocos, cortada em folhas e cortada em mosaicos, que depois são colados sobre o piso. Isto permite um acabamento homogéneo por toda a extensão do piso, se for esse o seu desejo, ou heterogéneo, se preferir que as placas tenham uma camada de verniz que pode ser manchada ou impressa.

O acabamento das placas pode ser variado conforme as necessidades, sendo usado muitas vezes poliuretano ou mesmo cera, dependendo do visual e acabamento desejado.


6 – O meu pavimento de cortiça tem mesmo de ficar com o aspecto da cortiça?'

Não, em especial se escolher pavimento de cortiça em placas coladas.

O que diferencia a cortiça colada da cortiça flutuante é que este método está disponível numa ampla gama de cores, tamanhos e formas, como triângulos e pentágonos, que lhe permitem a criação de padrões à medida da sua imaginação, como o que vemos na imagem acima da CORKSRIBAS.

7 – Tenho de gastar muito dinheiro com a aplicação do chão de cortiça?

Biosughero, la scelta naturale., Biosughero Biosughero Modern dining room Cork Brown

O chão de cortiça instalado, através de um sistema de encaixes, é uma opção para quem pretende fazer um trabalho DIY pois é bastante fácil de instalar, mesmo sobre pavimentos já existentes.

O pavimento de cortiça aplicado com cola é bastante mais difícil de fazer, mas não é impossível Ainda assim recomendamos que contrate um bom profissional para o fazer, se pretende um acabamento de qualidade.

8 – O chão de cortiça é muito caro?

O preço do pavimento em cortiça varia imenso com o tipo de instalação e com os acabamento. Ainda assim, pode comprar já aqui o maravilhoso pavimento da imagem acima por um valor que verá que é muito competitivo!

Está a ponderar também o chão de vinil? Então encontre mais informação sobre este assunto no artigo ’Chão vinil: tudo o que deve saber sobre ele!

Need help with your home project?
Get in touch!

Highlights from our magazine